Sistemas de suporte a decisões de primeira resposta seguros, confiáveis ​​e eficazes em cenários críticos de emergência.

Descrição do Projeto

Monitorização do stress entre os profissionais da First Responder é um projecto financiado pela CMU-Portugal com o objectivo principal de fornecer sistemas de primeira resposta seguros, fiáveis ​​e eficazes em cenários de emergência críticos. Para alcançar este objetivo, foi formada uma equipe interdisciplinar com experiência em áreas como tecnologia vestível para sinais vitais, processamento de sinais biomédicos, redes de sensores e edifícios RF Location Intelligent.

O objetivo do projeto de pesquisa Vital Responder é explorar as sinergias entre tecnologias vestíveis inovadoras, redes de sensores dispersas, tecnologia de construção inteligente e serviços de localização precisos para fornecer sistemas de primeira resposta seguros, confiáveis ​​e eficazes em cenários críticos de emergência. O problema central em consideração é avaliar o estresse humano em tempo real sob condições adversas, por meio do monitoramento contínuo on-line de sinais vitais dos socorristas. Transformar essa visão em realidade de engenharia requer avanços significativos nas várias frentes: (a) a coleta de informações em tempo real dos sinais corporais é muito difícil de alcançar em ambientes descontrolados e perigosos; (b) sistemas de localização baseados em GPS não funcionam em ambientes fechados; c) a pesquisa interdisciplinar entre engenheiros e clínicos sobre as origens e a natureza do estresse fisiológico ainda está em um estágio infantil. A “bala de prata” é fornecida por uma empresa de alta tecnologia chamada Biodevices, que, juntamente com investigadores da Universidade de Aveiro, desenvolveu um conjunto de tecnologias não intrusivas, tão discreto como uma t-shirt, capaz de recolher informação relevante sobre o produto. Individual.